domingo, 12 de junho de 2011

Examinando, retrospectivamente, o que lembro dos meus sonhos de infância, vejo que se parecem com muitos que ainda tenho, mas não vivo mais como se fossem parte da realidade.


( Mutações, de Liv Ullmann )

quinta-feira, 9 de junho de 2011


Nunca tive tudo o que eu quis...
Nem todas as roupas,
Nem todos os sapatos,
Nem todas as bonecas,
Nem toda a beleza,
Nem todos os amores...
Mas com o tempo fui percebendo, que não precisamos de tudo isso para sermos felizes. 
Precisamos de coisa sinceras, coisas verdadeiras. Alguém que esteja sempre ao nosso lado. Alguém que nos ame quando menos merecemos, porque afinal, é quando que mais precisamos.
Podem falar de quanto dói, quanto é ruim passar por certas situações e podem nos alertar para que não cometamos erros. Mas só vamos entender de verdade, quando tivermos cara a cara com a situação ou passando por ela. As pessoas exigem demais umas das outras, exigem coisas que nem mesmo elas são capazes de ser ou de cumprir. 
A vida é simples, e é só uma. Não sabemos o que acontecerá amanhã, então, HOJE é tudo o que temos.


~ lau

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Paixões são muitas mas amor mesmo, são só alguns e esses, são ETERNOS.


~ lau

quarta-feira, 1 de junho de 2011


Eu descobri que talvez eu estivesse errada
Que eu caí e, não posso fazer isso sozinha
Fique comigo, isto é o que eu preciso, por favor?
Cante-nos uma música, e a cantaremos de volta pra você
Nós poderíamos cantar sozinhos,mas o que isto seria sem você?
Eu nem sou nada agora e faz muito tempo
Desde que eu escutei o som, o som da minha única esperança.
Desta vez eu estarei escutando.
Este coração, bate, bate apenas por você, meu coração é seu.
( Por favor não vá, por favor não desapareça)
Meu coração é...
 (Paramore)